Distopia – EP.#07 – Preocupação.

cyberpunk_med_clinic_by_axl99-d6rlvs5Fazia uma hora desde que todos haviam ido embora quando X-9 entrou no quarto de PeeBoy, parou ao seu lado da cama observando-o, este notando a presença abriu os olhos lentamente e falou.  – Obrigado, X-9 não tenho como agradecer o que fez por mim. Tudo bem senhor… Me chame de PeeBoy – Corrigiu  – Tudo bem, PeeBoy, era o mínimo a retribuir, você me salvou primeiro. – Havia claramente um duvida lhe incomodando. – É meu dever proteger minha gangue.  – E PeeBoy  sabia o que era. – Então… O que foi aquilo? – Pressionou ela. – A-a-quilo o q-que? – Hesitando ele devolveu a pergunta. – O que você fez… – Pausou, suspirou e retomou  a fala. – Ninguém se move daquele jeito. –  Observou atentamente e PeeBoy tentou disfarçar. –  Foi pura sorte…Não! – Desta vez foi  ela que interrompeu. – Ninguém humano… É tão rápido!  Você é um adroide também? Quando ia falar?  – X-9 não era nada inocente, e seu líder sabia disso. –  Sou humano… Mas tenho partes modificadas… – Relutante então prosseguiu. – Alguns anos atrás… Fui mutilado, perdi um braço… As pernas… Alguns órgãos, os olhos foram removidos… Só por isso não morri hoje, pedi ao seu médico para não falar nada. – Chocada X-9 se calou, levando a mão a boca. – Fui de uma gangue que se envolveu com os russos, a máfia queria nomes, me torturaram mas não entreguei meus companheiros, depois disso deixei a gangue, eles não precisavam de um aleijado, então decidi aprender tudo sobre hackers, e hoje sou o que sou. Desculpe não ter sido totalmente honesto.Não… Eu que peço desculpas… Não sabia que… Meu Deus… Você sofreu muito e eu pensando errado de você…No seu lugar eu teria deduzido o mesmo. – Confortou-a. –  Olha… Hoje… – Disse ela. – Foi uma droga, aqueles guardas… Digo, andróides, não eram para estar lá. Eu só acho estranho você estudar o prédio durantes meses e não saber que haviam robôs… Mas esquece… Você é o líder, não precisa me dar satisfações…  – PeeBoy não protestou. – Quando estávamos chegando aqui vi um cara abusando de uma garota, quase mandei o pessoal dar uma surra nele, ele bem que merecia, mas não é nosso propósito. Fico com medo que na sua ausência alguém assuma o grupo e o use para interesses pessoais. Enquanto não volta fico no seu lugar.  – Ele apenas ouvia. – Ah, mais uma coisa… Vamos comemorar sua recuperação no Nexus -7 – Excelente bar. Bebam por mim. – Sorriu. – Beberemos  – Disse ela, se despedindo e saindo do quarto bastante pensativa.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s