Distopia – EP.#03 – Canal 23.

Sem guardas? – Disse X-9 – Sim, estudei as plantas do prédio durante meses e nada de guardas. Como você já invadiu o sistema de segurança é só entrarmos. –  Respondeu o líder. – É, mas empresas têm um sistema de segurança reserva, uma espécie de plano B. Mas tá certo, será bom pra avaliar como estamos de improviso. –  Só assim teve coragem de andar pelo corredor, logo atrás dela PeeBoy e os demais seguiram. A garota mais uma vez interrompeu a caminhada olhando para as paredes. – A segurança esta desativada, mas as câmeras não. Não quero meu rosto aparecendo nos noticiários, se era pra isso nem teria usado aquela máscara estúpida quando invadi o sinal de TV.Deixa comigo! – Disse o sujeito estranho de óculos e cabelo comprido, conectando o teclado cibernético na tomada. Não demorou um minuto e ele alertou:
Pronto, nossas identidades estarão seguras nossos rostos vão aparecer como emotes de diferentes expressões. Será bem engraçado e melhor que sua máscara de sex shop. – Dito, deu uma risada estranha e esganiçada mostrando a língua, um tanto infame.

Bom trabalho qual seu nome? – Perguntou X-9 – Duncan – Respondeu – Bom saber que soube improvisar com as lições que teve, Duncan, rs. – E Você, X-9, vai hackear esses cretinos de novo? – Indagou o rapaz. – Claro que não, uma profissional nunca repete o mesmo número! – Rindo, assim eles seguiram. PeeBoy tomou a frente conduzindo o caminho como o líder que se dizia ser. No elevador e depois de inúmeros andares chegou onde queria. Sua memória excelente não o traia, mesmo depois de cinqüenta níveis lá estavam no andar reservado exclusivamente aos servidores do canal 23, o mesmo que X-9 havia interferido na transmissão.

Ela mesma conectou o seu teclado cibernético e advertiu. – Pessoal, isso vai demorar um pouco… Então… Será mais rápido se cada um se conectar também e quem acessar primeiro os servidores instala o vírus. – Fizeram o que foi dito, mas enquanto estavam se conectando a segurança armada adentrou a sala dando voz de prisão.

– Estão cercados, rendam-se!

X-9 olhou para os lados, sem janelas ou portas, a única saída estava a frente com os guardas fechando a passagem. Friamente ela encarou Peeboy sem expressão na voz: – Você disse que não haviam guardas!


#Cyberpunk

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s